Saiba as diferenças entre a limpeza geral, leve e pesada

Quem é que não gosta de um ambiente limpinho e cheiroso? Porém quem, tem uma rotina corrida durante a semana tende a achar que se preocupar com a limpeza geral da casa é muito exaustivo e desanimador. Ainda mais quando a vontade é aproveitar um tempo de qualidade com a família ou os amigos!
Entretanto, mesmo em meio a rotina atribulada é possível manter a casa limpa sem abrir mão dos seus momentos de lazer. Mas você sabia que existem diferentes tipos de higienização, sendo que cada uma tem uma finalidade específica? Leia o nosso artigo e conheça a diferença de todos eles.

Os diferentes tipos de limpeza

A limpeza é fragmentada em três níveis de dificuldade: geral, leve e pesada. Pode ser difícil entender a necessidade dessa divisão, já que parece tudo a mesma coisa.
Mas não se engane! Cada categoria atende a necessidades específicas, sendo que todas são importantes. Vamos descobrir as diferenças?

Limpeza geral

Naqueles dias em que o tempo está corrido e não é possível realizar aquela faxina caprichada? Como o próprio nome já diz, é a limpeza mais “básica”. Consiste em retirar pó e outros resíduos com produtos de higienização mais acessíveis.

Esses produtos são aqueles que todos temos em casa e utilizamos no cuidado doméstico: aspirador, vassoura, esfregão, água, sabão, detergente e, no máximo, um desinfetante leve.
Apesar de ela não ser tão eficaz quanto a limpeza leve, a limpeza geral é igualmente importante, sendo ideal para residências e ambientes como escritórios. Como este tipo de limpeza costuma ser feito com mais frequência por demandar menos tempo, as chances de reações alérgicas se manifestarem são menores.

Limpeza leve

Essa limpeza está um patamar acima da geral. Também chamada de serviço de higienização. Muitos acreditam que a limpeza leve é aquela feita de modo mais superficial, que remove somente as sujeiras visíveis. Na verdade, trata-se do contrário,na classificação dos tipos de limpeza, a limpeza leve encontra-se logo após a limpeza geral,  ela já demanda mais tempo, a utilização de materiais químicos mais específicos e pesados, tais como água sanitária e solventes.

Essa categoria normalmente é mais empregada em ambientes que tenham resíduos provindos de material orgânico. Locais como: hospitais, consultórios médicos e qualquer ambiente que trabalhe com alimentos e banheiros precisam aplicá-la, por exemplo. Porém, por se tratar de uma limpeza intermediária, ela não remove todas as bactérias e elementos tóxicos. Para que a remoção seja total, é necessário esterilizar o ambiente.
Na faxina residencial, normalmente é empregada em ambientes como banheiros e cozinhas.

Limpeza pesada
Como o próprio nome sugere a limpeza pesada vai além da leve. Esse tipo de limpeza recebe outro nome nas empresas que oferecem esse tipo de serviço: esterilização. Isso quer dizer que o foco desta limpeza é eliminar qualquer tipo de risco apresentado por agentes contaminantes como vírus e bactérias.
Essa esterilização quando bem feita costuma eliminar 99,9% dos micro-organismos nocivos. Este tipo de limpeza é recomendado em ambientes hospitalares e laboratórios.

Compreendeu a diferença de cada uma?

Como dissemos os diferentes tipos de limpeza são fundamentais para garantir a higiene e segurança de todos.
Ainda que para manter o lar limpo e seguro de resíduos que possam fazer mal a saúde os tipos geral e leve são os mais recomendáveis, uma vez que é necessário manter o ambiente limpo, mas geralmente não há necessidade de esterilização.
Para ajudar a todos,por sorte existem empresas especializadas em todos os tipos de limpeza, sejam elas necessárias em ambientes empresariais e residenciais.
Se você está precisando de ajuda profissional acesse nosso site e conheça nossos serviços de limpeza
Nos siga no facebook e instagram para ficar por dentro das novidades.

Leave a Comment

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *